BOLO FITA DE COCO

Este bolo minha mãe comi quando era pequena, e depois de comprar um livro chamado Comer Bem Fazendo o Bem ela reencontrou a receita que é da chef Mazzô França Pinto!
Este bolo não é difícil de fazer, ele só é bem trabalhoso porque tem várias etapas que precisam esfriar, então para preparar este bolo eu demorei umas 2 horas, mas o esforço vale muito a pena! O bolo é bem úmido cheio de recheio e com aquelas deliciosas fitas de coco caramelizadas ao redor!
Minha dica é começar a receita pela calda da baba de moça, e enquanto essa calda esfria fazer a cocada que vai na massa. Depois volte para a baba de moça, pois a sua cocada precisa esfriar. Então depois que a cocada estiver fria faça o bolo, asse e recheie. Por fim faça as fitas de coco.

INGREDIENTES: 

Para a massa do bolo: 
- 500 gr de coco ralado fresco
- 500 gr de açúcar
- 12 claras

Baba de moça
- 600 gr de açúcar
- 400 ml de água
- 20 gemas
- 2 vidros pequenos de leite de coco

Para decorar: 
- 400 gr de coco em fita (com ou sem casca_
- 250 gr de açúcar

MODO DE PREPARO:

Baba de moça: 
Faça uma calda em ponto de fio com o açúcar e a água. Deixe esfriar.
Peneire as gemas com o leite de coco, e misture à calda fria, leve ao fogo baixo e mexa sem parar até que engrosse, não pode ferver.

Bolo: 
Leve ao fogo o coco ralado e o açúcar mexendo até ficar bem dourado, leva mais ou menos 20 minutos, vai ficar igual cocada. Deixe esse coco esfriar bem.
Bata as claras em neve e misture com o coco frio.
Divida a massa em duas assadeiras de 25 cm de diâmetro, forradas com papel manteiga e untadas com óleo.
Leve ao forno a 180ºC para assar por 20 minutos
Prepare o coco para decoração: leve o açúcar ao fogo até obter um caramelo, então acrescente as fitas de coco e mexa até caramelizá-las. Reserve.

Montagem: 
Desenforme os dois bolos ainda quente, recheie o bolo com a baba de moça, coloque a outra metade do bolo por cima e cubra-o com a baba de moça. Decore toda lateral do bolo e uma parte de cima com a fita de coco, e depois jogue o restante da baba de moça por cima.

Fonte: Do pão ao caviar

Nenhum comentário: